segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Atendimento personalizado: via e-mail, skype, telefone e WhatsApp.

/ /







Atendo pessoas que ainda não conseguem ter um relacionamento duradouro, ainda não encontraram o parceiro de suas vidas.



Pessoas que estão num relacionamento conflituoso. Algumas me procuram já decididas pela separação e outras decididas a salvar seu relacionamento. Vejo pessoas desistindo da separação quando antes já estavam decididas por ela, e pessoas que optam por uma separação quando esta alternativa ainda não lhes parecia tão clara.



Pessoas que ainda estão ligadas ao sofrimento daquele momento ou ao ex-parceiro e por isso não conseguem levar a vida adiante.



Pessoas que querem reconquistar o (a) ex.




Para todos os casos, meus clientes compreendem que a vida vale a pena ser vivida em sua mais profunda intensidade. Que momentos simples e singelos são tão significativos quanto datas especiais, e que vale a pena investirmos nos nossos relacionamentos. Casais felizes fazem uma sociedade melhor.



Andreia Fargnoli: Especializada em relacionamentos.



Atendimentos  via e-mail, telefone e Skype e agora WhatsApp   para todos os países. 

Clientes de outros países: Transferências podem ser feitas por  Western Union.

Consulte valores no:

dicasderelacionamento@hotmail.com

Andreia Fargnoli




Participe da nossa página no Facebook: clique aqui


segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Como tratar a TRICOMONÍASE

/ /
É uma infecção genital causada pelo protozoário Trichomonas Vaginalis. Sua transmissão ocorre por meio das relações sexuais ou contato íntimo com secreções de uma pessoa contaminada. Pode ser transmitida por mulher/homem e mulher/mulher. Em geral, afeta mais as mulheres.
O Trichomonas vaginalis é um parasita que só infecta o ser humano; costuma viver na vagina ou na uretra, mas pode também ser encontrado em outras partes do sistema geniturinário. Por viver principalmente na parte interna da vagina, essa doença causa microlesões e dores, e pode até levar ao desenvolvimento de outras DSTs.

SINTOMAS

Nas mulheres, os sintomas costumam iniciar durante ou após a menstruação.
Entretanto, em alguns casos, essa doença pode permanecer meses sem apresentar nenhum sintoma, dificultando o tratamento após a descoberta.
Os principais sintomas para detectar a tricomoníase são:
  • Corrimento amarelado ou amarelo-esverdeada;
  • Coceira;
  • Odor forte e desagradável;
  • Irritação vulvar;
  • Dor;
  • Dificuldade de urinar.

DIAGNÓSTICOS

Após o reconhecimento dos sintomas, a mulher deve procurar o médico ginecologista, que solicitará exames laboratoriais como coleta da secreção vaginal, cultura de secreção ou PCR, exame de sangue que avalia se há infecção no organismo.
Também pode ser realizado o principal exame de consultório, o Papanicolau.

EXAMES

A tricomoníase é uma doença causada pelo protozoário Trichomonas vaginalis, que acomete o órgão genital feminino. Em geral, ela atinge a área externa da vagina, como a vulva e uretra.
Os sintomas são corrimento amarelo ou esverdeado de odor forte, ardência ou dor ao urinar, vermelhidão e coceira intensa na região genital, e dor durante a relação sexual. Ao observar alguns desses sinais não tente se automedicar, pois apenas o médico poderá identificar corretamente a enfermidade e prescrever a medicação necessária para o seu tratamento.
O diagnóstico da doença é feito com base na avaliação dos sintomas na análise e aspecto da secreção vaginal. Por meio de um microscópio o médico verifica a possível presença de protozoários.
Se houver a suspeita de tricomoníase, procure o quanto antes um ginecologista. Ele é o profissional capacitado para solicitar os exames que levarão ao diagnóstico correto para iniciar um tratamento. E lembre-se, uso do preservativo pode proteger contra essa doença, considerada uma doença sexualmente transmissível.

PREVENÇÃO

A tricomoníase é considerada uma DST (Doença Sexualmente Transmissível) que acomete milhões de pessoas a cada ano em todo o mundo. Essa enfermidade é causada pelo protozoário Trichomonas vaginalis e tem cura por meio de tratamento medicamentoso. Mas, melhor do que curar é prevenir.
A transmissão da tricomoníase ocorre, comumente, via contato sexual. São raros os casos de contágio por meio de objetos contaminados, como assentos de vasos sanitários. A doença atinge a parte externa do aparelho genital feminino, como vulva e uretra, causando ardência, coceira, dor abdominal, ao urinar e durante a relação sexual e corrimento amarelado ou esverdeado com mau cheiro.
Sendo uma doença sexualmente transmissível, a melhor forma de prevenção é o uso de preservativo em todas as relações sexuais. Caso você apresente alguns dos sintomas descritos acima, marque uma consulta com seu ginecologista para verificar a possível existência da doença e iniciar o quanto antes o tratamento.

TRATAMENTOS E CUIDADOS

O tratamento da Tricomoníase tem como objetivo erradicar o agente causador. A primeira medida indicada é a abstinência sexual, pois é necessário um reequilíbrio do organismo para assim evitar o aumento, o desconforto e o surgimento de novas doenças.
Também é indicado o uso de antibióticos e quimioterápicos, sendo obrigatório o tratamento conjunto do parceiro sexual para evitar a reinfecção. Nas mulheres, o tratamento oral é de dose única simultaneamente ao tratamento tópico, com o uso de creme vaginal.
Recomenda-se evitar o consumo de álcool para prevenir náuseas e vômitos.

CONVIVENDO

Transmitida sexualmente, a tricomoníase é uma doença com a qual não é possível conviver. Ela afeta o órgão genital feminino provocando prurido intenso e ardor, dor na região da pelve, ao urinar e durante o ato sexual, além de corrimento amarelo ou esverdeado com mau cheiro. É uma doença que requer tratamento tão logo apareçam os sintomas.
O tratamento é essencial não só para aliviar os sintomas, mas também para eliminar por completo o agente causador, o protozoário Trichomonas vaginalis. Os medicamentos usados em geral, são apresentados na forma de cremes vaginais e óvulos para uso local ou em comprimidos, para uso oral. Durante o tratamento é recomendada a abstinência sexual para acelerar a restauração da flora vaginal.
Caso apresente algum dos sintomas citados, procure um ginecologista, que é o profissional capacitado para fazer um diagnóstico correto e indicar os medicamentos para um tratamento bem sucedido. O ginecologista é capacitado para realizar o diagnóstico correto e indicar os melhores medicamentos para um tratamento bem sucedido.



Fontes:
Dr. Sergio dos Passos Ramos CRM17.178 – SP

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Esse papo de querer "dar um tempo" , não passa de uma barca furada!

/ /
Termino ou dou um Tempo?

Para começar, é bom deixar bem claro que este papo de homem querer "dar um tempo" , não passa de uma barca furada!

Isso é coisa de quem não sabe o que quer da vida e fica arrumando desculpas para dar uma variada no cardápio. Sabe como é, o cara está louco para sair com outras mulheres, mas quer ter a certeza de que você o aceitará de volta.

Esta coisa de "dar um tempo" não te deixa com a sensação de que não passa de segunda opção? 
É a mesma coisa que dizer:
"Se não tiver nada melhor eu volto, tá?"

E tonta de você se aceitar entrar na conversa dele!

Se ele está a fim de dar uma variada, se ele quer viver como solteiro, a melhor coisa seria terminar o namoro ou o casamento. Sei lá, termina de uma vez, e se ele descobrir que fez a escolha errada, que você é a tampa da sua panela, então é só ele tentar reconquistá-la.

"Ah, mas ele tem medo de terminar e me perder..."

Tá bom...
O medo que ele sente é de perder uma mulher tão compreensível quanto você.

Quem ama não precisa dar um tempo, pois tem certeza do que quer.

Ou você conhece alguém que quer ficar longe da pessoa que ama?

Aceitar ficar no "banco de reservas", esperar pacientemente a volta de alguém que te deixou para procurar algo melhor, é coisa de quem merece sofrer!

E quem garante que você conseguirá lidar com o fato dele ter transado e conhecido outras pessoas durante o tempo em que estiveram separados?

Juntando o egoísmo com o orgulho ferido, o resultado será mais explosivo que um barril de pólvora, pode apostar. E mesmo que você seja um poço de compreensão, será que ele vai aceitar numa boa que você deu uns picotes com outros? 

Isso se você não for uma tontona e se guardar até ele voltar.

Muitas brigas acontecerão, a confiança que existia entre vocês (se é que existia), nunca mais será a mesma e sempre ficará uma ferida aberta, que não vai cicatrizar nunca!

Muitos homens pedem um tempo, se mandam para viver a vida que queriam ter, e, quando voltam descobrem que a mulher descobriu que existia coisa melhor para fazer do que ficar esperando!

Mas, vai esperar como, se tem um monte de gente interessante no mundo?

É pecado ficar desperdiçando a chance de ser feliz, sabia?

Talvez não tenha visto tanta diferença entre dar um tempo e terminar para depois reatar, mas a diferença é gritante.

Se estiverem livres e desimpedidos, poderão cair na gandaia, conhecer novas pessoas, e o mais importante é que não terão que prestar constas à ninguém, pois o vínculo foi rompido.

É claro que ainda fica o emocional, mas as cobranças da volta não serão tão grandes.
É só deixar claro que vocês não tinham nada um com o outro, portanto estavam livres.

Terminar é não ter que ficar contato os dias na esperança dele voltar.

Por outro lado, dar um tempo é manter uma relação neurótica, onde a ideia de ainda fazer parte da vida de um homem fará com que ele se ache no direito de interferir em sua vida!

Quem ama quer estar junto!

O amor não precisa de férias, não precisa de pausa.



DR. ANDROS/REVISTA ANDROS

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

CIÚMES – TÉCNICA PARA DIMINUIR

/ /
A imagem do ciúme é de um animal com garras aduncas, com garras afiadas, pronto para agarrar a presa. Não é uma imagem muito bonita, muito menos uma imagem de amor. Esta é a imagem. Mas como podemos definir o ciúme? E mais: como podemos superar o ciúme?
Pensar que a outra pessoa com quem me relaciono é minha – é o que define o ciúme. O ciúme é posse, baseia-se na ideia de que (ele ou ela) é (meu ou minha). Ora, a outra pessoa não é sua. A outra pessoa é outra pessoa, não é um objeto que você pode ter, como você tem um quarto, um celular, um computador…
Mas pensamos:
Este celular é meu.
Este quarto é meu.
Este computador é meu.
Este é meu namorado.
Esta é minha namorada.
Eu fico vendo quantos relacionamentos bons, que poderiam durar a vida toda e com felicidade, acabam por esta ideia e este sentimento de posse.
Afinal: você possui seu namorado? Você possui a sua namorada?
Se você morrer, a pessoa não estará no seu testamento, como poderá estar seu carro ou casa… ou seja, a outra pessoa não é sua!
E como acabar com este sentimento? Com estas ideias?
Para algumas pessoas pode até não ser fácil acabar com o próprio ciúme. Para estas talvez seja necessário realizar uma psicoterapia com um psicólogo ou psicóloga de confiança.
Para as outras pode-se começar a ter consciência destes fatores citados acima.
“Pessoas independentes de ti” – como nos diz Fernando Pessoa. Sim, os outros são pessoas independentes de mim, também com sonhos, desejos, sentimentos, vontades…
Outra característica do ciúme é querer controlar. (Também baseia-se na ideia de que a outra pessoa é minha posse, então – como um cachorro domesticado – tem que agir como eu quero).
Podemos influenciar sim o comportamento das outras pessoas. Algumas linhas da psicologia americana, como o behaviorismo, estudam as formas e métodos para se fazer isso. O uso pode ser fantástico como ajudar autistas a desenvolver a fala (influenciando o comportamento verbal deles).
Mas, em última instância, não é possível controlar totalmente o outro. Existe uma dimensão que torna justamente isto impossível. É que cada um de nós possui um mundo interno – o que os behavioristas chamam de comportamento (verbal) encoberto.
Sim, veja uma pessoa na sua frente, em silêncio. Como você vai controlar o que ela está pensando (em silêncio)? Como você vai saber o que ela está pensando, sentindo, desejando?
Sim, não dá para saber. Não dá para controlar, não é mesmo?
Então, como acabar com esta vontade de controlar o comportamento do seu namorado ou de sua namorada?
Se você não pode controlar o que ela pensa ou sente (muito menos do que você poderia controlar o que ela faz ou deixa de fazer)… como acabar com esta característica do ciúme?
Simples: lembre-se desta frase: “Dê a quem você ama: asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar”….
Ao invés de criar a imagem das garras que agarram um objeto qualquer, crie para o seu amor a possibilidade de voar, de ser livre, de pensar e sentir como um ser humano real (e não como um objeto que é posse sua), e…assim… se a pessoa voltar, terá motivos para voltar…e voltar…e voltar…

Bom dia Leitores

/ /

Bodas de Prata de um Amor Eterno

/ /


Já se passaram 25 anos que nos separamos. Cada um seguiu seu caminho. Mas o coração manteve-se intacto a espera um do outro. Contatos foram feitos, histórias de vida foram contadas. Mas, o que se espera mesmo é o reencontro. 

Jamais pensei que um dia fosse escrever uma carta deste gênero, implorando à pessoa que eu amo - uma chance a mais para o nosso amor, pois nunca imaginei que algo tão grande, forte e claro precisasse um dia deste tipo de apelo.
Mas, infelizmente, chegamos ao ponto de deixar que pequenas desavenças, que pequenas diferenças em nossos pontos-de-vista, pudessem se sobrepujar aos nossos sentimentos, fazendo com que todo o amor que sentimos um pelo outro fosse, de uma hora para outra, reduzido a nada, reduzido a pó!
Vamos esquecer os detalhes ruins, vamos concentrar a nossa energia naquilo que temos de melhor, que é a vontade de estar servindo ao outro, que é o carinho de nos oferecer ao outro, que é o poder de nos dedicar de coração, corpo e alma ao outro.
Meu amor, estou tomando a iniciativa de pedir que você coloque na balança os prós e os contras de tudo o que vivemos e passamos juntos a 25 anos atrás. Tenho a certeza de que você vai concluir de que o saldo é positivo, pois entre nós sempre imperou o amor e a boa vontade.
Eu te amo e quero que tudo volte ao normal entre nós, com você bem perto de mim e comigo bem perto de você. Vamos nos dar outra chance, vamos deixar que a paz e o amor prosperem entre nós!


Com amor

da sua paixão

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Siga meu Facebook