terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Como tratar a pessoa que você ama

/ /


O amor hoje em dia não é como antigamente, aquele amor que uma pessoa respeita a outra, mas ainda podemos chamar de amor. Muitas pessoas acham que ficar com uma pessoa é amor, mas na verdade não é, tem teria como ser. As pessoas tem que mostrar o quanto gosta da outra sem medo de errar e nunca ter vergonha. Porém existem pessoas que não conseguem demonstrar o sentimento e acabam assim perdendo a pessoa que ama. Essa é uma das coisas mais complicadas quando se ama. Tem que prestar muita atenção no que fazer para a pessoa amada.
Começando pelos gestos que você tem quando está com ela. Tente ao máximo dar carinho a essa pessoa, pois as vezes ela não tem isso em casa e é o que realmente necessita de sua amada ou amado. Esse é um passo que você tem que dar para que o namoro dure por muito tempo e sempre com alegrias. A pessoa que você ama tem que ser tratada de uma maneira diferente dos seus colegas  ou amigos. Ele é mais especial do que qualquer outra ali perto e por merece atenção.
Muitas vezes acontece que uma pessoa não dá atenção, porém ama, ela tem que trabalhar e sempre está cansada, mas sente falta do amado. Assim quando vê a pessoa ama estar ali com ela, mas só percebe isso depois que já a maltrato sem querer. E isso que na maioria das vezes acontece com os namoros, por que não existe compreensão e também falta de atenção o namoro pode terminar. A base de tudo é compreensão, a partir daí se tem tudo, carinho, atenção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As respostas no Blog não tem custo algum, mas devido a quantidade de perguntas você tem que esperar na fila em torno de 5 a 10 dias

Precisa de uma resposta urgente, marque uma consulta particular no

email dicasderelacionamento@hotmail.com

Se algum texto publicado por aqui for de sua autoria, nos envie o link para que possamos dar os créditos. Se não autoriza a publicação de seu texto por aqui nos comunique que retiramos.

A edição desse Blog se reserva ao direito de deletar, sem aviso ou consulta prévia, comentários com conteúdo ofensivo, palavras de baixo calão, spams ou, ainda, que não sejam relacionados ao tema proposto pelo post do blog ou notícia.

Volte sempre: Déia Fargnoli

Siga meu Facebook